Tour da Suíça

Tour da Suíça

O Tour de Suisse é uma das maiores corridas de ciclismo do mundo, oferecendo muita diversão e emoção para os participantes e também o público em geral.

Desde 1933, o Tour de Suisse é a corrida mais importante da Suíça. Todos os anos, mais de um milhão de espectadores assistem ao passeio nas calçadas ao longo do percurso.

É também um dos principais eventos de preparação para os ciclistas  que participam no Tour de France.

O Tour consiste em 9 etapas com um comprimento total de 1.300 km e 17.500 metros de diferença de altitude em todas as partes da Suíça.

O Tour de Suisse faz parte do UCI World Tour e é a quarta maior corrida profissional do mundo.

A edição de 2019 começa no sábado, 15 de junho, com um ITT em Langden para terminar o último estágio Queen Stage no domingo, dia 23.

Além da ação esportiva com inúmeros atletas internacionais, a corrida tem mais a oferecer para atrair fãs e espectadores de ciclismo. Nos dois finais de semana, os ciclistas amadores podem competir entre si no curso original como indivíduos ou em equipes, enquanto um programa de entretenimento variado é oferecido para famílias.

Para mais informações, acesse: http://www.tourdesuisse.ch/en/ 

Veja também outras experiências incríveis no país dos Alpes: www.swissxplorer.com.br 

 

 

Bernina Express, a melhor rota panorâmica da Itália para a Suíça

Bernina Express, a melhor rota panorâmica da Itália para a Suíça

Viajar de trem pela Europa é sem dúvida um programa que todos devem fazer ao menos uma vez na vida, apreciar paisagens sucessivas pelas janelas dos trens é uma experiência única, melhor sendo feita sem pressa. Classificar qual é o melhor roteiro entre tantos existentes não é uma tarefa fácil, afinal os destinos são inúmeros.

Conheça todos os nossos serviços: clique aqui – serviços

Mas parece haver uma unanimidade: O Bernina Express, linha de trem que faz o trajeto em ambas as direções, de Chur, Davos ou St. Moritz na Suíça a Tirano na Itália, essa linha tem “grife” pois é considerada um patrimônio da humanidade pela UNESCO desde o ano de 2008, em especial, os 122 km de via férrea entre Thussis, St. Morritz e Tirano, pela singularidade de sua estrutura e pela beleza única da paisagem que essas linhas cruzam.

 

Construída entre os anos de 1903 e 1910, um feito histórico da engenharia, parte de uma elevação de 440 metros do nível do mar na cidade de Tirano e chega a os 2.328 metros de altitude ao atingir o Passo da Bernina, onde se contemplam três lagos.

Com uma sucessão de paisagens que passa por campos verdejantes, riachos, cidades turísticas, cachoeiras, montanhas nevadas e vilas pitorescas, a linha Bernina Express é realmente privilegiada em paisagens de tirar o fôlego.

Veja aqui a seleção das experiências mais incríveis da Suíça: clique em cima

Além do trem panorâmico Bernina Express, há também os trens regionais que operam de hora em hora e permitem paradas ao longo do caminho com a possibilidade de embarcar em outro trem, neste caso você precisará fazer ao menos uma troca obrigatória de trens e transferência de bagagem. Fique atento, pois os trens regionais estão sujeitos à horários de pico, quando podem ficar lotados.

Tanto no trem panorâmico quanto no regional você pode utilizar o Eurail Pass, mas para o Bernina Express Panorâmico é necessário fazer uma reserva com 90 dias de antecedência e a um valor de 9 euros por pessoa no inverno ou 11,50 euros no verão.

Para mais informações sobre reservas acesse:
https://www.eurail.com/pt/inspirese/trens-na-europa/rotas-de-trens-panoramicos/bernina-express

E para quem quer dar mais uma esticadinha, a companhia Bernina Express oferece um roteiro de ônibus entre Tirano (Itália) e Lugano (Suiça), este roteiro só é feito no verão.

Partindo de Milão você pode optar por alugar um carro até Tirano, fazendo uma viagem de 168 quilômetros, o que leva em torno de duas horas.

 

Indo de ônibus, você deve sair de Milão às 7h00 e aproveite a viagem até a cidade de Tirano, que fica bem aos pés dos Alpes. No caminho aprecie os riachos da montanha, as colinas arborizadas e ao fundo os picos nevados. Chegando a Tirano confira os horários é bem possível fazer um passeio pela cidade antes do próximo embarque no trem.

Você pode preferir ir de ter de Milão para Tirano, são pelo menos 12 comboios que partem diariamente e a viagem dura em média duas horas e meia, e da mesma forma pode curtir as paisagem que vão se descortinando pelo caminho. O primeiro trem sai de Milão às 6h20 e o último às 19h20.

Ficou com aquela vontade? O que está esperando? Programe-se e faça um passeio inesquecível com todo o glamour que só o Bernina Express pode oferecer.

Se você está pensando em conhecer a Suíça e não sabe por onde começar o seu roteiro, entre em contato! Faço planejamento de viagem e posso bolar um roteiro personalizado do jeitinho que você sonha. Sou certificada pelo órgão de turismo da Suíça e também atuo como guia.

Para mais informações, entre em contato: info@swissxplorer.com

Leia nossos últimos artigos sobre hospedagem na Suíça:

Onde se hospedar em Genebra

Onde se hospedar em Engelberg

Onde se hospedar em Lausanne

Onde se hospedar em Grindelwald

Guia completo para viajar de trem pela Europa

Guia completo para viajar de trem pela Europa

Finalmente, está decidido, passar as férias na Europa e dessa vez uma parte da viagem será feita por trens. Mas quantas dúvidas, afinal você já viu quantas opções os trens nos dão?

Conheça todos os nossos serviços: clique aqui – serviços

Fique tranquilo pois o velho continente está preparado para te receber, e muito bem, e neste post esclarecerei algumas das maiores dúvidas dos viajantes. Como em qualquer viagem o planejamento é fundamental para poder curtir o passeio sem imprevistos e contratempos.

 

Depois de decidir quais as cidades você quer conhecer está na hora de escolher entre os tipos de trens disponíveis, pois eles podem ser trens de alta velocidade, trens noturnos, trens regionais ou ainda os trens panorâmicos e balsas, e cada um destes atende um tipo necessidade.

Para viagens que passam por dois países ou mais, você comprar através da Passes Eurail (www.eurail.com) ou também da RailEurope

Qual a diferença entre Eurail e RailEurope?

A RailEurope é a maior operada de bilhetes e passes de trem na Europa. Para não ter que pensar nas conexões e horários, o site comercializa bilhetes e passes de trens europeus, com versão em português. Este tipo de plataforma ajuda muito na hora de planejar uma viagem, pois você consegue pesquisar em um só lugar passagens de diferentes companhias ferroviárias, para destinos variados, primeira e segunda classe, etc..

Veja aqui a seleção das experiências mais incríveis da Suíça: clique em cima

Já a Eurail é a empresa que vende exclusivamente passes, e oferece incontáveis rotas de trem para viajar na Europa. Esta plataforma não comercializa bilhetes de trajeto único. Por exemplo, se você procura um passe de 15 dias para viajar ao redor da Suíça, ou o Eurail Global Pass, que abrange até 28 países. Veja todas as possibilidades de descontos no site, por exemplo descontos para adultos, com mais de 28 anos, que viajarem em duplas ou em grupos

Para viagens em apenas um país, o ideal é comprar no site da companhia ferroviária de cada país. Veja abaixo cada uma delas:

Alemanha: http://www.bahn.com e http://www.thalys.com/
Áustria: http://www.oebb.at/en/
Bélgica: http://www.b-rail.be/http://www.thalys.com/
Dinamarca: http://www.dsb.dk/
Eslováquia: http://www.zsr.sk/
Eslovênia: http://www.slo-zeleznice.si/en/
Espanha: http://www.renfe.com/
Finlândia: http://www.vr.fi/en/
França: http://www.voyages-sncf.com/ , http://www.tgv.com/ e http://www.thalys.com/
Holanda: http://www.ns.nl/en/ e http://www.thalys.com/
Hungria: http://elvira.mav-start.hu/
Irlanda: http://www.irishrail.ie/home/
Itália: http://www.trenitalia.com/
Letônia: http://www.ldz.lv/
Luxemburgo: http://www.cfl.lu/en
Noruega: http://www.nsb.no/
Polônia: http://www.polrail.com/
Portugal: http://www.cp.pt
Reino Unido: http://www.nationalrail.co.uk/ e http://uk.megabus.com/
República Tcheca: http://www.cd.cz
Romênia: http://www.cfr.ro/
Rússia: http://www.russianrails.com/
Suécia: http://www.sj.se/
Suiça: http://www.sbb.ch/en

De qualquer forma, a escolha pelos trens, se comparados com os aviões, sempre se dá pelo tempo máximo de uma viagem. Por exemplo, para viagens com até cinco horas de duração, a melhor opção é de trem, já que estes dispensam toda aquela burocracia de check-in, vistorias, chegada com antecedência, etc., além da vantagem de te deixar dentro das estações das cidades de destino, o que pode ser bem conveniente e econômico. Na maioria dos trens europeus não há check-in e nem controle de passaporte. A conferencia só acontece quando se ultrapassa a fronteira do espaço Schengen. Para viagens mais longas, opte pelos aviões.

Utilize os trens de alta velocidade quando for necessário um deslocamento de grandes distâncias e seu interesse é chegar mais rápido ao seu destino. Esta modalidade geralmente requer reserva antecipada.

Trens noturnos são ideais para quem pretende economizar com uma diária de hotel, mas atenção! Procure o conforto de uma cabine, que precisam ser reservadas, pois viajar à noite em bancos convencionais não garante um bom descanso para o dia seguinte. Outra dica: fique atento se o desembarque de um trem noturno for durante a madrugada, algumas paradas são bem breves e se você “dormir no ponto” pode ter uma boa dor de cabeça.

Os trens regionais são os que oferecem maior quantidade de paradas em cidades menores, com eles você pode fazer um pinga-pinga em destinos bem diversificados, ideal para quem gosta de viajar sem compromisso com um roteiro rígido, já que de maneira geral esses trens dispensam reserva antecipada.

E finalmente temos os charmosos trens panorâmicos, estes apesar de fazerem um trajeto mais restrito a destinos bem específicos, oferecem uma viagem que é um verdadeiro espetáculo, minha sugestão é para o Centovalli Railwai, que faz o trajeto entre Domodossola na Itália e Locarno na Suiça, esse trecho é considerado como o que possui algumas das mais belas paisagens.

Outras opções são:

Suíça: Bernina Express, Golden Pass, Glacier Express, Voralpen Express e Gotthard Panorama Express

Alemanha: Rhine Valley Line e Linhas da Floresta Negra

Áustria: Semmering Bahn e Arlbergline

Suécia: Inlandsbanan

Noruega: Flåm Railway , Rauma Line e Ferrovia Bergen

Saindo um pouco do contexto dos trens, temos ainda as balsas, que podem ser utilizadas caso você comprar os Passes Eurail.

Agora só resta fazer as malas e ter umas férias inesquecíveis, bem ao estilo europeu.

____________________________________________________________________________________________

Se você está pensando em conhecer a Suíça e não sabe por onde começar o seu roteiro, entre em contato! Faço planejamento de viagem e posso bolar um roteiro personalizado do jeitinho que você sonha. Sou certificada pelo órgão de turismo da Suíça e também atuo como guia.

Para mais informações, entre em contato: info@swissxplorer.com

Leia nossos últimos artigos sobre hospedagem na Suíça:

Onde se hospedar em Genebra

Onde se hospedar em Engelberg

Onde se hospedar em Lausanne

Onde se hospedar em Grindelwald

Um restaurante nas alturas próximo de Lucerna

Um restaurante nas alturas próximo de Lucerna

Este restaurante nas nuvens leva o seu jantar a um novo patamar. Se você procura um local romântico para jantar com uma pitadinha de emoção, então você achou o local certo. O restautante in the Sky.

Conheça todos os nossos serviços: clique aqui – serviços

Este jantar em grande estilo, enquanto você percorre 1.000 metros ao lado da montanha Rigi, é feito em uma gôndola de teleférico flutuante, enquanto você desfruta do pôr-do-sol sobre o Lago Lucerna, da vista para o Bürgenstock e outros picos. 

O menu conta com 3 pratos, feitos pelo famoso Hotel Flora Alpina. Entrada, prato principal e sobremesa. Há também cardápio para os vegetarianos. O encontro é feito na cidade de Weggis às 19h ou 19h30.

Veja aqui a seleção das experiências mais incríveis da Suíça: clique em cima

Este trajeto geralmente leva 10 minutos, mas para o jantar, a gôndola sobe suavemente em 45 minutos ou mais. Há uma pausa de 15 minutos para apreciar a vista no terraço da montanha em Rigi Kaltbad, a 1.423 metros acima do nível do mar, e depois acontece a lenta descida onde serão servidos a sobremesa e o café.

Funciona aos sábados, de julho a setembro, e o valor é CHF 125,00 por pessoa.

Weggis, de onde sai o bondinho, está a 28 minutos de carro da cidade de Lucerna (45 minutos de trem). Para mais informações, acesse: Sky Restaurante

TDS00020010992724376_sized_800_0

____________________________________________________________________________________________

Se você está pensando em conhecer a Suíça e não sabe por onde começar o seu roteiro, entre em contato! Faço planejamento de viagem e posso bolar um roteiro personalizado do jeitinho que você sonha. Sou certificada pelo órgão de turismo da Suíça e também atuo como guia.

Quer saber mais detalhes sobre os roteiros personalizados? Veja aqui: Planejamento de Viagens

Para mais informações, entre em contato: info@swissxplorer.com

 

Leia nossos últimos artigos sobre hospedagem na Suíça:

Onde se hospedar em Genebra

Onde se hospedar em Engelberg

Onde se hospedar em Lausanne

Onde se hospedar em Grindelwald

Monte Pilatus, uma das montanhas mais bonitas da Suíça central

Monte Pilatus, uma das montanhas mais bonitas da Suíça central

A apenas 10 minutos de Lucerna de carro (3,8 km) está o Monte Pilatus, uma montanha a 2.073 metros de altitude com um panorama incrível que abrange vista para 70 picos alpinos, a cidade de Lucerna e seu lago.

Conheça todos os nossos serviços: clique aqui – serviços

O local pode ser visitado tanto no verão quanto no inverno. Lá você encontrará várias opções de entretenimento que irão agradar a todas as idades.  É de fácil acesso, e não exige caminhadas, ideal para toda a família!

Há duas formas para se alcançar o topo do Pilatus. A mais usada é a gôndola porque opera praticamente o ano todo. Mas existe também o trem de cremalheira mais íngreme do mundo que sai da cidade de Alpnachstad, com uma inclinação máxima de 48%, passando por florestas e falésias.

Veja aqui a seleção das experiências mais incríveis da Suíça: clique em cima

O trajeto até o topo leva cerca de 40 minutos e é possível descer nas estações intermediárias (Krienseregg e Fräkmüntegg).

No inverno as atividades mais praticadas são esqui, snowboard e trenó na neve. Já no verão, a principal atração é o “tobogã de montanha” que é o mais longo da Suíça com 1.350 metros de comprimento, o “parque de cordas” (como o nosso arvorismo) com vários níveis de dificuldades, além de trilhas sinalizadas para caminhadas.

A primeira estação, chamada de Krienseregg, está a 1.026m de altitude e é a mais divertida para crianças pequenas. Possui restaurante e um grande parque infantil a céu aberto com tobogã, balanços, gangorra, espaço para piquenique, etc...

31286587_10157401973219358_1838401188446339072_n

Mas se o parque e o restaurante da estação não interessar, não desça da gôndola, apenas siga em frente.

A próxima estação será de Fräkmüntegg, a 1.416 metros de altitude. Se você pretende andar de trenó (inverno) ou ir ao tobogã de montanha (verão), desça e saia da estação. No local há banheiro, restaurante e muitas trilhas para caminhadas.

31286583_10157401973104358_4724776871017840640_n

Para seguir ao cume, também é necessário trocar de gôndola. Por isso tenha sempre o seu ingresso com você, inclusive na volta!

A terceira (e última) parada é o Pilatus Klum, o topo mais alto que pode ser alcançado no local. Esta estação conta com restaurantes, loja de souvenirs, mirantes e um hotel.

31250647_10157401973959358_8333463849734766592_n

Na área externa estão os mirantes e caminhos a serem percorridos para ter a vista panorâmica de todos os lados possíveis. Aproveite para relaxar nas espreguiçadeiras espalhadas no terraço para tomar um sol e apreciar a bela paisagem dos Alpes.

A vista do hall principal também é de tirar o fôlego, com janelões grandes de vidro, portanto, mesmo que esteja frio, você consegue curtir a vista!

31253075_10157401973904358_3004028816927490048_n

Possivelmente quando você estiver lá, aparecerá algúem para tocar música típica ao vivo, no topo da montanha. Nós encontramos um músico tocando Trompa Alpina, em alemão é conhecido como Alpenhorns, que são longos instrumentos de sopro que produzem um som suave e muito agradável.

31288251_10157401973784358_7903609010056593408_n

Sugiro reservar o dia todo para fazer este passeio.

Não deixe de passear pela Caverna do Dragão, conhecida também como Drachenweg, localizada na lateral da montanha mais alta. O percurso é feito em poucos minutos, e ao longo do caminho, existem pequenas janelas de rocha de onde podemos apreciar a paisagem.

Para os que gostam de barcos e montanhas, o Golden Tour é um passeio completo que combina ida e volta, e envolve trajetos de barco a vapor, trem, teleférico e ônibus.

Para saber maiores informações, acesse: https://www.pilatus.ch/

____________________________________________________________________________________________

Se você está pensando em conhecer a Suíça e não sabe por onde começar o seu roteiro, entre em contato! Faço planejamento de viagem e posso bolar um roteiro personalizado do jeitinho que você sonha. Sou certificada pelo órgão de turismo da Suíça e também atuo como guia.

Quer saber mais detalhes sobre os roteiros personalizados? Veja aqui: Planejamento de Viagens

Para mais informações, entre em contato: info@swissxplorer.com

 

Leia nossos últimos artigos sobre hospedagem na Suíça:

Onde se hospedar em Genebra

Onde se hospedar em Engelberg

Onde se hospedar em Lausanne

Onde se hospedar em Grindelwald

error: Content is protected !!