8 cidades lindas e desconhecidas para colocar no roteiro de viagem para a Suíça

Que a Suíça é linda isso todo mundo já sabe! Existem dezenas de cidades históricas, muitas das quais já citamos em textos anteriores por aqui. Mas existem também àquelas cidadezinhas desconhecidas das rotas turísticas que valem a pena conhecer se você estiver por perto!

Por isso fizemos uma lista das cidades com paisagens naturais e uma arquitetura que, por vezes, nos remete a conto de fadas, com construções pitorescas e castelos bem conservados.

Murten

Murten é uma cidade no Cantão Friburgo, com quase 6 mil habitantes.

A língua mais falada é o alemão (75 % da população fala esta língua). A cidadezinha medieval de Murten, às margens do lago com o mesmo nome, preservou sua aparência original, com as ruelas de seu centro histórico e os espaços sombreados por arcadas. Uma muralha de proteção rodeia a pequena cidade. Contudo, já por muito tempo, a muralha, preservada quase que integralmente, é a única da Suíça em que se pode andar do começo ao fim

Bremgarten

Bremgarten está localizada no Cantão Argóvia (Aargau), no norte do país, a cerca de 20 km a oeste de Zurique. Três lados da cidade são cercados pelo Rio Reuss, seu centro histórico para pedestres é um patrimônio cultural de importância nacional.

Com pouco mais de 6 mil habitantes, esta pequena cidade histórica possui o maior Mercado de Natal da Suíça.

Aarburg

Aarburg está localizada no Cantão Argóvia (Aargau) a 60 km de Zurique. A cidade forma um triângulo entre o rio e um peitoril de rocha, resultando em uma barreira natural nos dois lados. Os edifícios da cidade estão agrupados em torno de uma praça principal em forma de cunha. As fortificações do lado norte foram danificadas por um incêndio na cidade em 1840 e não foram reconstruídas.

A cidade velha é dominada por um peitoril de rocha estreito e alongado, no qual está situado o Castelo de Aarburg. O castelo foi construído no início do século 12 e tornou-se uma fortificação sob o controle de Berna. O complexo de edifícios é classificado como um local cultural de importância nacional e hoje funciona como um centro de detenção juvenil.

Lenzburg

Lenzburg fica na Suíça Central, no cantão Argóvia (Aargau) a cerca de 25 quilômetros a oeste de Zurique. Esta cidade com quase 9 mil habitantes está a 405 metros de altitude, e quase metade de seu territórico é coberto por floresta. A pequena vila medieval, com sua importante Cidade Antiga, destaca-se pelos castelos espalhados pelos arredores, como o Lenzburg, Hallwyl, Wildegg, Brunegg e o dos Habsburgos.

Saint-Ursanne

Saint Ursanne está no Cantão de Jura, a 67 km de Basel. Com uma população de aproximadamente 1 mil habitantes, esta pequena cidade às margens do rio Doubs encanta os visitantes com seus prédios históricos bem preservados. Saint Ursanne consiste principalmente de construções medievais, casas burguesas que datam dos séculos 14 ao 16, e uma igreja colegiada construída entre os séculos 12 e 14.

Os visitantes podem ir ao eremitério de São Ursicinus, localizado em uma gruta, por uma escada íngreme com 190 degraus. Ao norte da cidade ficam as altas ruínas de um castelo. A ponte de Doubs, com quatro arcos, foi construída em 1728 e oferece uma vista ótima da cidade medieval e seus arredores.

Soglio

Soglio é uma vila encantadora com cerca de 300 habitantes na região de Bergell. A vila está situada em um terraço ensolarado na montanha, e no primeiro plano, em uma colina, você encontrará a Igreja de São Lorenzo, marco de Soglio. As ruas estreitas de paralelepípedos estão repletas de história, e nome da cidade já se encontra em documentos datados do ano de 1219.

Werdenberg

A região de Werdenberg está situada no Vale do Reno de St. Gallen na fronteira leste da Suíça.

O castelo Werdenberg encontra-se no cume, logo acima da pequena cidade de Werdenberg e pode ser acessado por meio de uma pequena trilha. O castelo com torre, o palácio com anexos e o pátio foram fundados em 1230 pelo conde Rudolfo I de Montfort no fim do período medieval, e está aberto ao público desde 1956. O museu mostra principalmente a residência privada da família Hilty, uma vez que esta foi doada em 1956 ao cantão de St. Gallen. As visitas guiadas permitem aos visitantes viajar pelo passado.

Morcote

Morcote fica 10 quilômetros ao sul de Lugano, na região italiana da Suíça conhecida como Ticino. A vila, com menos de 1 mil habitantes é famosa por suas mansões à beira do lago de Lugano, muitas construídas no final da Idade Média. Outras atrações incluem a Torre do Palácio de Capitano, casas senhoriais erguidas entre os séculos 16 e 18 e a Igreja de Santa Maria del Sasso, datada, provavelmente, do século 13.

Juntamente com a vila de Gandria, Morcote é um dos melhores passeios a partir de Lugano.

Gostaram da nossa seleção? Então conta pra gente, qual das cidades acima entrará em seu roteiro? Se vocês tiverem dicas cidades desconhecidas que não está esta lista, deixe aqui nos comentários!

Deixe uma resposta

por Anders Noren

Acima ↑

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: