10 curiosidades sobre a Suíça


A Suíça é um país encantador! Além das belas paisagens, o país é também conhecido por sua segurança e bom funcionamento dos serviços. Algumas cidades suíças já conquistaram o título da ONU de cidades com melhor qualidade de vida do mundo.

Um país com a densidade populacional menor do que a cidade de São Paulo que merece destaque! Apesar de não ser o destino mais procurado pelos turistas, a Suíça vem ganhando destaque há algum tempo. Vamos conferir algumas peculiaridades deste país?

resized_650x365_origimage_560699

Foto: MySwitzerland

  1. O nome oficial da Suíça é Confederação Helvética

É por isso que a abreviação mais utilizada é CH, inclusive as terminações dos sites suíços também utilizam o CH. Este foi o primeiro nome que surgiu em homenagem às antigas tribos, os Helvécios, que habitavam a região antes da chegada dos romanos.

  1. Não existe saúde pública

A Suíça não oferece serviços de saúde pública pelo Estado, o seguro de saúde privado é obrigatório para as pessoas que residem no país. Se você vier a turismo, precisa de um seguro saúde de viagem. A vantagem disso é que você pode escolher o seu plano de saúde de acordo com suas próprias necessidades e prioridades, não sendo obrigatório pagar por um serviço do governo imposto pelo Estado. Apesar de caro, o resultado disso é boa qualidade dos serviços, destacando que a expectativa de vida dos suíços é uma das mais altas do mundo.

  1. A Suíça não faz parte da União Europeia

Em 2001, 76,8% dos suíços votaram contra a entrada da Suíça na União Europeia. Existe, porém, um acordo chamado Schengen, que permite diversas relações com os países membros. Brasileiros podem ficar até 3 meses sem visto. A moeda usada é o franco suíço, embora o Euro seja aceito em alguns locais, principalmente em cidades fronteiriças.

  1. Não usam sapatos dentro de casa

Hábito comum em muitos países da Europa, e também na Suíça é tirar os sapatos para entrar dentro de casa. As casas geralmente têm uma sapateira na entrada, onde ficam os sapatos. E quando vem visita? Sim, a visita também tira os sapatos sem que ninguém precise pedir. Muitos suíços levam sapateiras na bolsa, uma espécie de meia. Por princípios de higiene, os Suíços fazem questão de deixar a sujeira da rua para fora de casa, principalmente no inverno onde lama e neve estão por todos os lados.

  1. Mordomias como faxineira, passadeira, arrumadeira são incomuns

Tanto na Suíça como em muitos países na Europa, o serviço terceirizado é extremamente caro e quem acha “chique” morar na Suíça está completamente enganado. A verdade é que as pessoas fazem tudo elas mesmas: unha, cabelo, faxina, passar roupa, etc…

  1. País com muitos lagos

A incrível beleza natural deste país que possui mais de 70% de seu território coberto por montanhas e mais de 1.300 lagos espalhados por um território de 41.000 km².

  1. Na Suíça o porte de armas é permitido

Existem mais de 30 mil abrigos (bunkers) na Suíça e muitos são utilizados como restaurantes, adega, hotelaria, etc., mas a Suíça não se evolve em guerra desde 1815 e apesar de a Suíça ser um país pacífico, o porte de armas é permitido. Os Suíços permanecem com suas armas após servirem o exército.

  1. A Suíça possui 4 idiomas diferentes

Existem 4 idiomas oficiais na Suíça: alemão, francês, italiano e o romanche. O alemão é o mais falado, somando 70% da população, seguido pelo francês, com 20%, italiano, com 7% e o romanche, apenas 3%.

  1. Plebiscito: o povo é quem decide

Na Suíça a população tem direito de participar das decisões em nível federal, cantonal e comunal. O sistema político com democracia direta é um modelo exemplar da democracia participativa, e o voto não é obrigatório.

  1. Não ir trabalhar porque o tempo está bonito

Quando o tempo está bom, os parques enchem, não importa o dia nem o horário. O inverno é longo no país alpino e os dias de sol são mais raros, por isso, todos estão de olho na previsão do tempo e quando o sol sai, as pessoas realmente aproveitam, seja usando do banco de horas, ou tirando um dia das férias, já que na Europa é super comum tirar apenas um dia ou meio período de férias.

Categorias:culturaTags:, , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: