Guia de viagem de Zurique

Zurique é a maior cidade da Suíça, com 400 mil habitantes, e também um dos maiores centros financeiros do mundo. Esta linda cidade está localizada no centro-norte da Suíça, na extremidade norte do lago de Zurique com uma bela vista para os Alpes.

zurich-1443575_1920

Zurique é a cidade mais rica da Europa e já foi considerada a melhor qualidade de vida no mundo em diversas pesquisas, como por exemplo a da renomada consultoria americana de Recursos Humanos Mercer. A cidade é limpa e incrivelmente organizada, onde pedestres, ciclistas, motoristas e bondes transitam harmoniosamente juntos.

21979192_10156696138329358_1181407779_n

Esta cidade no coração da Europa, cuja a língua oficial é o alemão (Suíço), atrai visitantes de todo o mundo com sua vasta variedade de atividades.

Conheça todos os nossos serviços: clique aqui – serviços

Zurique possui um lago e dois rios – o rio Limmat e o rio Sihl – que datam do último período glacial.  70% da água potável de Zurique vem do lago, e de acordo com análises regulares, é de excelente qualidade.

Veja aqui a seleção das experiências mais incríveis da Suíça: clique em cima

Transitar pela cidade é muito fácil, além de ser muito prazeroso! A rota turística pode ser totalmente explorada a pé, mas quando a distância for um pouco maior basta pegar um dos eficientes trams/bondes.

Para quem curte pedalar, há ainda a opção de percorrer a cidade em bike: é possível alugar uma em vários alguns pontos da cidade, em alguns deles até gratuitamente!

A estação central de trem (chamada Hauptbahnhof ou abreviado HB), em estilo neo-renascentista, é de 1847 e é a maior estação da Suíça. A entrada principal, com arcos de arenito é também saída para a famosa Bahnhofstrasse, rua onde estão as principais e mais movimentadas lojas da cidade.

21935446_10156696148609358_1609862703_n

A partir da Zurique HB, há trens a cada 30min para todas as principais cidades suíças como Zug, Lucerna, Basel, Berna e Genebra. E também trens de alta velocidade como o ICE que vai para a Alemanha, o TGV que vai para a França e o Pendolino que vai para a Itália.

zurich-opera-house-2213737_1920

Foto: Casa de Ópera de Zurique (Opernhaus Zürich, em alemão)

Quem está acostumado com a rotina incessante das grandes metrópoles, como São Paulo, deve ficar atento pois o comércio em Zurique (e na Suíça em geral) está aberto de segunda a sábado, geralmente das 8h às 19h. Isso significa que as lojas estão sempre fechadas aos domingos, incluindo todos os supermercados e farmácias. Exceções são encontradas apenas no aeroporto e nas seguintes estações de trem: Hauptbahnhof, Enge e Stadelhofen.

Zurique é viva dia e noite. Durante o dia, a variedade de lazer é infinita: mais de 50 museus, 100 galerias de artes, gastronomia, igrejas, passeios de barco, ou simplesmente um passeio a pé pela orla do lago.

21913014_10156696159624358_2006085938_n

Nossas atrações favoritas são:

Landesmuseum

Localizado ao lado da estação de trem Zurique HB, este castelo com mais de 100 anos abriga o Museu Nacional Suíço. Aqui aprendemos sobre a história cultural da Suíça, desde a pré-história, Idade Média e até os dias de hoje.

Niederdorf

A cidade antiga, também conhecida como Niederdorf ou Altstadt reúne construções medievais centenárias, com janelas coloridas, becos e ruelas estreitos de paralelepípedos, tudo muito bem preservado e bem distribuído entre lojas, cafés e galerias da cidade.

Grossmünster

A principal igreja de Zurique e também cartão postal da cidade, é a Grossmünster, que significa igreja grande. Tão grande que é possível subir seus 187 degraus e apreciar a cidade de cima.

21935492_10156696155269358_31870325_n

Fraumünster e St. Peter Church

Ao lado oposto ao Rio Limmat está a igreja Fraumünster, que foi construída em 1250 e é famosa por sua torre azul com o relógio. Nela, é possível entrar gratuitamente e apreciar os belos vitrais em seu interior.

Também próximo à Fraumüster está St. Peter Church , igreja mais antiga da cidade, que possui o maior relógio da Europa em sua torre, com mais de 8 metros de diâmetro.

ETH

Outro destaque de Zurique é a ETH, a Universidade de Zurique construída entre 1858 e 1864 e famosa por formar ganhadores do prêmio Nobel. Um de seus alunos mais famosos foi o cientista alemão Albert Einstein que também foi professor da Universidade.

A vista é linda a partir do prédio da ETH. Para chegar lá basta pegar o bondinho ETH Polybahn que sai da Praça Central (Central 1, 8001 Zürich)

Lindenhof

Conheça também o Lindenhof, um parque a 25 metros acima do rio Limmat, com vista panorâmica da cidade. O local tem um passado incrível, após abrigar um povoado celta virou um forte romano no século IV, para proteger a cidade de ataques. As ruínas do forte ainda podem ser vistas, bem como uma lápide romana que possui a inscrição da mais antiga referência conhecida da cidade de Zurique. No ano de 835 d.C., o neto do imperador romano, Carlos Magno, construiu seu palácio no local e, desde então, a área ficou conhecida como um local de reflexão e paz.

switzerland-2520402_1920

E não deixe de reparar nas diversas fontes públicas de água potável espalhadas pela cidade. São mais de mil fontes que funcionam 24 horas por dia.

Fifa

A sede da Fifa fica em Zurique e você pode caminhar por ali e tirar fotos na parte externa.

E para mais dicas sobre a cidade, visite o site oficial de Turismo de Zurique.

 

Leia nossos últimos artigos sobre hospedagem na Suíça:

Onde se hospedar em Genebra

Onde se hospedar em Engelberg

Onde se hospedar em Lausanne

Onde se hospedar em Grindelwald

 

Uma opinião sobre “Guia de viagem de Zurique

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: